top of page
  • Amanda de Oliveira

Covid-19: ocupação de leitos de UTI volta a subir na rede pública de Niterói

Após menor taxa desde o início da pandemia, ocupação volta a crescer e chega aos 42% na rede SUS.


A taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública de saúde destinados ao tratamento da Covid-19, em Niterói, voltou a subir consideravelmente, após quase dois meses de queda com pouca oscilação. De acordo com os dados mais recentes, divulgados no painel de monitoramento da Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, 42% do total referente às UTIs da rede estava ocupado na última terça-feira (10).

Internações aumentaram 13% no período de 12 dias/ Foto: Divulgação

Leia mais: Covid-19: adolescentes com comorbidades terão repescagem na vacinação em Niterói


Segundo o painel de monitoramento de Niterói, a cidade havia alcançado a taxa de ocupação de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) mais baixa desde o início da pandemia, com 29%, no dia 29 do mês passado, mas os números voltaram a subir logo no dia seguinte. Desde então, cerca de 12 dias depois, o percentual já subiu 13%, com 52 leitos ocupados dos 123 disponíveis.


Já nas enfermarias, a tendência de queda continua, com atualmente 15% dos leitos clínicos ocupados, conforme a Secretaria de Saúde do Rio de Janeiro, o que representa apenas 12 quartos ocupados, do total de 80 disponíveis. Com base nos dados, a queda registrada foi de 8%, no mesmo período de 12 dias.


Rede Privada


Na rede privada de saúde, por sua vez, a ocupação de leitos destinados ao tratamento da Covid-19 continua a oscilar, com aumentos e quedas que variam entre uma semana e outra. De acordo com o último boletim do sindicato responsável pela rede, o Sindhleste, divulgado na segunda-feira (9), Niterói tem 32% das UTIs particulares ocupadas.


Ainda segundo os dados da Sindhleste, esse número não apresenta muita variação em relação aos dados do mês passado, que terminou com cerca de 30% de ocupação, entretanto, no decorrer das semanas o percentual chegou a cair para 25% no dia 2 deste mês, na semana passada.


Em relação aos leitos clínicos, a taxa da rede privada quase não se alterou, oscilando entre 18% e 19%, no mesmo período de tempo.


Use #GazetaConectada


📌 Acompanhe a Gazeta Conectada nas redes sociais!


👉 Siga a Gazeta Conectada no Facebook

👉 Siga a Gazeta Conectada no Instagram

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png
bottom of page