• Amanda de Oliveira

Com leitos sobrecarregados, Maricá terá "feriadão" com restrições rígidas

Município registrou, durante a semana, seu pior quadro de ocupação de leitos desde o início da pandemia


A Prefeitura de Maricá divulgou, nesta terça-feira (23), que um novo decreto entrará em vigor e trará medidas mais rígidas no combate ao coronavírus, conforme recomendação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ). A previsão é de que a publicação municipal aconteça ainda esta semana e reforce as normas já previstas anteriormente, além de trazer novas restrições. O feriado de 10 dias, proposto pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, também deve ser adotado no calendário de Maricá.

Equipes do munícipio fiscalizaram o cumprimento das medidas durante o último fim de semana. Foto: ASCOM

Apesar disso, o cronograma de vacinação se mantém no município com a chegada de mais doses da vacina Coronavac, que foram entregues ao Posto Central da cidade, na última segunda-feira (22). Ao todo, o lote continha 6.540 doses do imunizante produzido pelo Instituto Butantan, o maior montante recebido por Maricá desde janeiro.


O calendário de vacinação da semana é divulgado toda quarta-feira, por meio das redes oficiais da Prefeitura, e segue cumprindo a etapa de imunização de idosos com 80 anos ou mais. Confira abaixo o cronograma dos próximos dias:

Imagem: Amanda de Oliveira.



Alta na ocupação de leitos


De acordo com o município, o atual quadro de ocupação de leitos é o mais grave registrado desde o início da pandemia, em março do ano passado. Segundo o registro da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro mais recente, atualizado nesta terça-feira (23), Maricá tem cerca de 92% de leitos de Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) ocupados, além das enfermarias. Esse número chegou a ser 100%, no último domingo (21), ainda conforme o registro, mas apresentou a queda no decorrer da semana.


Estes dados cresceram nos últimos dias, apesar das recentes medidas restritivas tomadas pelo município, publicadas nos dias 17 e 19, por meio de decreto no Diário Oficial. Para garantir o cumprimento das restrições, equipes de fiscalização foram criadas, compostas por guardas municipais e agentes do Programa Estadual de Integração da Segurança (PROEIS), e espalhadas pelo município durante o final de semana.

A aglomeração nas praias de Itaipuaçu foi registrada por moradores. Foto: Redes Sociais

Segundo o balanço de fiscalização divulgado pela Prefeitura acerca do último fim de semana - dias 19, 20 e 21 -, os dois primeiros distritos de Maricá - Centro e Ponta Negra, respectivamente - somaram um total de 118 notificações verbais de forma educativa sobre as novas normas, 10 por escrito e uma intimação por descumprimento do decreto vigente. Já os outros dois distritos, Inõa e Itaipuaçu, acumularam o total de 110 notificações verbais e três escritas.


Nas redes sociais, moradores reclamaram da falta de fiscalização em algumas partes da cidade, principalmente na orla do 4º distrito. "Orla de Itaipuaçu, início da noite. Muita gente no calçadão, sem máscara. Fui caminhar, mas por conta da aglomeração e do descuido de muitos, desisti. Acho que isso precisa ser revisto", publicou um deles.


Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png