• Amanda de Oliveira

Com aglomeração, manifestantes pró-governo protestam em Icaraí contra novo lockdown

Participantes pediam "liberdade" e o fim das medidas restritivas em Niterói

Foto: Redes Sociais

Uma passeata em prol do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) arrastou diversas pessoas pela Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, orla da praia de Icaraí, Zona Sul de Niterói, no fim da manhã deste domingo (14). Os manifestantes pediam pelo fim das medidas mais rígidas de restrição contra a Covid-19 em Niterói, apoiavam o atual governo e eram contra um novo lockdown.


De acordo com informações preliminares, participantes pediam o fim da restrição de horários no município e justificavam com "a necessidade de liberdade". Segundo a Nittrans, não foi possível contabilizar quantas pessoas estiveram presentes na passeata. Parte dos manifestantes não faziam o uso da máscara de proteção e, em alguns pontos da orla da praia de Icaraí, ficaram aglomerados.


Cartazes carregados pelos manifestantes tinham frases contra o Supremo Tribunal Federal (STJ) e fotos do presidente Bolsonaro. Outras diziam que o trabalho também gera saúde e que a taxa de ocupação dos leitos de UTI está baixa para se haver um novo lockdown na cidade.

Vídeo: Redes Sociais


A manifestação, que começou por volta das 10h na Rua Miguel de Frias, foi acompanhada de perto por viaturas da Polícia Militar, e seguiu até a orla da praia. Além disso, agentes da Nittrans estiveram no local orientando o trânsito, que precisou ser interditado durante a passagem das pessoas.


Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Niterói não se posicionou sobre o acontecido até o fechamento desta edição.


Medidas restritivas


A Prefeitura de Niterói divulgou as novas medidas de restrição contra o coronavírus no último dia 4. Entre as regras estabelecidas estão restrições de horários de funcionamento para bares, restaurantes e outros estabelecimentos, assim como a proibição de circulação nas ruas entre 23h e 5h.


Na última quinta-feira (11), as restrições foram estendidas por mais dez dias pela prefeitura, até 21 de março, devido ao aumento de casos e elevação no indicador síntese de monitoramento da doença.


Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png