• Amanda de Oliveira

Carnaval é confirmado para fevereiro de 2022 no Rio de Janeiro

Prefeitura assina contrato que garante desfiles no sambódromo pelos próximos quatro anos.


A Prefeitura do Rio de Janeiro, a Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) e a Riotur assinaram um contrato, nessa quinta-feira (8), que autoriza o uso da Avenida Marquês de Sapucaí, conhecida popularmente como sambódromo, para o Carnaval até 2025. Essa assinatura também confirma os desfiles, cancelados neste ano por conta da pandemia do novo coronavírus, para 2022.

Leia mais: Atriz Erika Januza assume como nova rainha de bateria da Unidos do Viradouro


A informação foi divulgada nas redes sociais pelo diretor de marketing da Liesa RJ, Gabriel David, que publicou os vídeos acima. Ele também anunciou as datas confirmadas por contrato dos próximos quatro carnavais. Confira abaixo os dias:


  • 2022 - 25 de fevereiro até 5 de março

  • 2023 - 17 de fevereiro até 25 de fevereiro

  • 2024 - 9 de fevereiro até 17 de fevereiro

  • 2025 - 28 de fevereiro até 8 de março


Vacinação


O prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse nesta sexta-feira (9) que a realização da festa será possível com a vacinação de toda a população da cidade até o carnaval de 2022. Com isso, segundo ele, também não seria mais mais necessário que foliões precisassem apresentar resultados de testes para detectar a Covid-19..


“Para ter carnaval, não dá para ficar exigindo: testou entra no bloco, não testou, não entra na Sapucaí. Isso seria impossível. É torcida, esperança, fé, crença de que vamos ter carnaval porque vai estar todo mundo protegido”, afirmou Paes durante apresentação do 27º Boletim Epidemiológico.


Além disso, o prefeito ainda estima que até o dia 15 de agosto deve ser concluída a aplicação da primeira dose da vacina na população acima dos 18 anos, tendo em vista o calendário da cidade. A partir disso, acrescentando três meses para frente, em novembro, a previsão é de que todas as pessoas aptas também tenham recebido a segunda dose, concluindo a imunização.

“Isso significa vida normal. Então, vamos caminhar com isso. Partindo dessa premissa é que a gente tomou a decisão, até porque o carnaval é uma celebração complexa, que exige muita preparação, de avançar não só com o carnaval, mas também com o réveillon”, acrescentou Paes.


O prefeito Eduardo Paes também informou que o chamamento público para o Réveillon estará na rua em breve.


Use #GazetaConectada


📌 Acompanhe a Gazeta Conectada nas redes sociais!


👉 Siga a Gazeta Conectada no Facebook

👉 Siga a Gazeta Conectada no Instagram

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png