• Redação

Bares e restaurantes são fiscalizados pelo segundo dia consecutivo em São Gonçalo

Ação tem o objetivo de supervisionar o cumprimento das novas medidas restritivas

Estabelecimentos cumpriram os protocolos. Foto: Renan Otto

A Prefeitura de São Gonçalo deu continuidade às fiscalizações noturnas em bares e restaurantes da cidade, na noite de sábado (6). Mesmo com a forte chuva que caiu sobre o município, cinco equipes das secretarias de Saúde e Defesa Civil, através da Vigilância Sanitária, Ordem Pública, Meio Ambiente e Transportes, além do apoio Polícia Militar (7ºBPM), agiram de forma integrada para percorrer os bairros do Pacheco, Nova Cidade, Parada 40, Trindade e Mutondo.

A ação, que teve início por volta das 18h45, seguiu para os tradicionais pontos de São Gonçalo que concentram bares, restaurantes, trailers e barracas de lanche, como a Rua Jaime Figueiredo, no Paraíso, conhecida popularmente por Rua da Caminhada. Ao longo da extensão da via, os points estavam todos fechados.

A atividade visa supervisionar o município para que as novas medidas restritivas para conter o avanço da transmissão do coronavírus sejam cumpridas pela população. Durante a noite, as equipes encontraram a maioria das ruas desertas, comprovando que os munícipes estão respeitando o decreto municipal 088/202, que determina o fechamento de bares e restaurantes às 18h até o dia 11 de março.

O secretário do Meio Ambiente, Carlos Afonso, disse que a fiscalização tem sido um sucesso durante esses dois dias de operação.

“A população tem aceitado muito bem a nossa participação, até os frequentadores de estabelecimentos estão agradecendo ao prefeito Capitão Nelson. Os munícipes estão entendendo realmente que somente assim, através de conscientização, é que podemos combater essa pandemia”, falou o secretário.

Na Parada 40, dois bares que estavam em funcionamento foram orientados a interromper suas atividades. Em Nova Cidade e no Pacheco, outros estabelecimentos foram fechados após a chegada das equipes de fiscalização. Os bairros do Mutondo e Trindade também foram fiscalizados.


Fiscalização foi debaixo de chuva. Foto: Renan Otto

O subsecretário de Transportes, Fabio Lemos, auxiliou a operação com o intuito de coibir o estacionamento e transporte irregulares.

“Nesses dois dias de operação, o saldo foi positivo, bem sucedido. O primeiro passo foi instruir a população sobre o decreto e agora estamos fazendo todo o patrulhamento para que as medidas sejam respeitadas pelos munícipes", contou Lemos.

Medidas restritivas após as 18h

Bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres poderão funcionar no horário de 6h às 18h, limitando o atendimento ao público em 2/3 (dois terços) da sua capacidade de lotação, inclusive os estabelecimentos localizados em praças de alimentação dos shoppings.


Lojas de conveniência e similares, como trailers, barraquinhas e quiosques deverão cumprir o mesmo horário, vedada a permanência continuada e a aglomeração de pessoas nesses locais. Fica permitido aos estabelecimentos o serviço de entrega de refeições e lanches, seja por meio de aplicativos de entrega ou por meio de entrega direta (delivery), sem restrição de horário.

Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png