Baloeiro é preso acusado de crime ambiental em São Gonçalo

Na residência do acusado foram encontrados artefatos utilizados na fabricação de balões, além de troféus de competições


Um homem, acusado de fabricar balões, foi preso em flagrante por policiais civis em uma operação com policiais do 7º Batalhão da Polícia Militar, no bairro de Monjolos, em São Gonçalo, na última quinta-feira (14). O homem foi detido por agentes da 74ª DP (Alcântara) na localidade conhecida como Alecrim e acusado de crime ambiental pela prática.


Os agentes estavam em operação na localidade para cumprir um mandato de prisão pendente contra outra pessoa, que não foi localizada. Durante as buscas, os policiais encontraram uma residência com diversos materiais utilizados na fabricação e venda de balões. Os policiais também acharam na residência vários troféus de competições envolvendo soltura de balões.


O acusado foi encaminhado para o sistema prisional e ficará à disposição da Justiça.


A legislação brasileira proíbe a fabricação, transporte, venda e a soltura de balões que possam provocar incêndios. A pena para esse tipo de crime é de detenção de um a três anos ou multa.


Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png