• Amanda de Oliveira

Balão cai em Icaraí e causa disputa entre baloeiros

Grupo de oito pessoas tentaram recuperar as partes do artefato


Um balão, que caiu no Jardim Icaraí, Zona Sul de Niterói, na manhã deste domingo (31), causou uma disputa entre baloeiros pelas partes do artefato. Durante a queda, o objeto se dividiu em duas partes, os enfeites - conhecidos como bandeira - caíram próximos ao chão e o balão desprendido da outra metade por pouco não ficou preso no telhado do Hospital Niterói D'or, na Rua Matriz e Barros. O acontecimento gerou comoção entre baloeiros e algumas pessoas arrancaram a bandeira do balão para levar embora.

Baloeiros disputaram partes do artefato. Foto: Reprodução de Vídeo

Segundo informações, após a ação do grupo de pessoas o balão teria se perdido no céu. Procurada, a Polícia Militar não informou se houve registro de ocorrência no caso desta manhã ou se foram efetuadas prisões de baloeiros.


Já o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ), informou que não houveram registros de incêndio na região e que pela facilidade com que o balão é consumido pelo fogo, se acontecerem focos de incêndio por causa de sua queda, dificulta o registro exato das ocorrências. Dessa forma, a CBMERJ não possui uma estatística de quantos casos similares ocorrem por ano.


Crime


No Rio de Janeiro, desde 1998, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais (9.605/98) e o Decreto 3.179/99 que a regulamentou, são proibidos os atos de confeccionar, armazenar, transportar e soltar balões que possam causar incêndios. O desrespeito da regra é considerado crime ambiental, que pode ter como pena um à três anos de prisão e/ou multa.


Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png