top of page
  • Paulo Delabela

Afastado do cargo, Wilson Witzel ganha 11% de aumento no salário

Decisão foi autorizada pelo governador em exercício Claudio Castro, que contempla também os secretários do governo; Tribunal havia determinado cortes

Governador afastado, Wilson Witzel. Foto: Divulgação/Agência Brasil

Apesar de estar afastado do cargo de governador do Rio de Janeiro há quatro meses, Wilson Witzel recebeu um aumento de 11% no salário para este ano. A decisão foi tomada através do então governador em exercício, Claudio Castro, que também aumentou o próprio salário e dos secretários para a mesma porcentagem.


Com o aumento, o valor bruto no salário de Witzel saltou de R$ 19.681,00 para R$ 22 mil. Contudo, o Estado depositará cerca de R$ 16 mil, com os descontos.


Procurado, Claudio Castro alegou que o aumento está previsto em uma lei aprovada em 2014, que ainda está em vigor.


Na foto, Claudio Castro e Wilson Witzel. Foto: Divulgação/Agência Brasil

JUSTIÇA DETERMINOU CORTES NO AUMENTO


Em novembro do ano passado, o Tribunal Especial Misto decidiu, por unanimidade, que o governador receberia apenas um terço do salário, já que não estaria atuando na função. Além do afastamento, a justiça determinou também, em votação ampla, que o processo de impeachment continuaria. Witzel também foi obrigado a deixar o Palácio Laranjeiras, moradia oficial do governador do Rio de Janeiro.


Com a decisão, Witzel e a família retornaram para a antiga casa, no Grajaú, na Zona Norte do Rio, porém, mesmo com as decisões, o salário permaneceu de forma integral.


Use #GazetaConectada

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png
bottom of page