• Romulo Cunha

A angústia na busca pelo irmão desaparecido em Niterói: "Só queria saber se você está bem"

Leonardo de Mello Loureiro, de 35 anos, saiu de casa sem dar justificativa há seis dias e não voltou mais; familiares tem poucas pistas de seu paradeiro.

Leonardo não deixou pistas de onde poderia estar indo. Foto: Divulgação

Familiares de Leonardo de Mello Loureiro, de 35 anos, conhecido também como Leo Ene, buscam informações após seu desaparecimento na última quinta-feira (30), no bairro do Engenho do Mato, na Região Oceânica de Niterói. Leonardo teria saído de casa sem dar justificativa para onde iria, e ainda não deu sinais de seu paradeiro até esta quarta-feira (6).


Em contato com a equipe de reportagem da Gazeta Conectada, o irmão de Leonardo, Leandro Mello, disse que ele teria sido flagrado por uma câmera de segurança comprando cigarro em uma padaria na Avenida Irene Lopes Sodré, no Engenho do Mato, bairro onde ele mora, por volta das 5h10 de sexta-feira (1º). Esta, no entanto, seria a última vez que o irmão teria sido visto.


Já no domingo (3), familiares receberam informações de que Leonardo estaria andando pela praia de Itaipu. Leandro Motta disse que foi até o local indicado e realizou buscas pela região durante o dia em que rebeceu o relato e também na segunda-feira (4), mas não obteve resultados em encontrar o irmão.

Leonardo, à esquerda, foi visto pela última vez em uma padaria no Engenho do Mato. Foto: Divulgação

Leonardo mora em um quarto alugado localizado na Rua 41, no Engenho do Mato. Seu irmão revelou que o rapaz era um homem tímido e não imagina o motivo do desaparecimento. Segundo Leandro Mello, o dono do quarto que Leonardo aluga disse que o rapaz comentou que ia "sumir do mundo e para onde ele iria não precisava levar mais nada."


Já são seis dias de buscas e o familiar chegou a registrar um boletim de ocorrência sobre o desaparecimento na Delegacia de Itaipu (81ª DP). Leandro também foi até o Instituto Médico Legal (IML) do Barreto, mas não teve respostas sobre seu irmão. Durante a conversa com a nossa equipe, Leandro se mostrou preocupado com o paradeiro de Leonardo e fez um apelo ao próprio irmão.


"Leo, caso você veja a reportagem e a divulgação que estamos fazendo: só queria saber se você tá bem, se você tá por algum lugar internado, ou se alguém está te ajudando. Pelo menos dê uma informação para o seu irmão. Arruma um jeito de falar comigo. Você sabe o posto onde eu trabalho, na entrada do Engenho do Mato. Estou aqui no posto todo dia, você sabe onde que eu estou. Pelo menos dá uma notícia." - suplicou o irmão.

Caso alguém possua alguma informação sobre o paradeiro de Leonardo de Mello Loureiro, o Leo Ene, os números para contato são: (21) 99675-0271 (Richelle, cunhada), (21) 97874-0618 (Leandro Motta, irmão) e (21) 2705-7481 (81ª DP).


Use #GazetaConectada


📌 Acompanhe a Gazeta Conectada nas redes sociais!


👉 Siga a Gazeta Conectada no Facebook

👉 Siga a Gazeta Conectada no Instagram

PUBLICIDADE

Stories Restaurante de Sushi - Propaganda.png